This is default featured slide 4 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions..

FanFics

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions..

FanFics

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions..

sábado, 12 de abril de 2014

FanPic: Taylor Lautner and Fan at the Benihana restaurant in UK

FanPics: Taylor Lautner with fans on the set of Cuckoo

Taylor Lautner and girlfriend arrives at Novikov restaurant in London

EXCLUSIVO: Taylor Lautner e Marie Avgeropoulos: "Não é e nunca foi apenas marketing" !? #Maylor


Taylor Lautner e Marie Avgeropoulos estão a meses na boca da galera sobre seu relacionamento ser ou não marketing... Fazendo de meses para cá apariçoes públicas de mãos dadas como postamos ultimamente.

sexta-feira, 11 de abril de 2014

[Exclusive] Taylor Lautner in Negotiations to Star in Road Movie ‘Run the Tide’

As he continues to move on from the “Twilight” franchise that catapulted him to fame, Taylor Lautner is in negotiations to star in the indie movie “Run the Tide,” TheWrap has learned.

Soham Mehta is directing from a script by Rajiv Shah, and the two of them are producing with Tim Kwok.

Lautner is nearing a deal to play a man who kidnaps his younger brother and flees for the California coast when their drug-abusing mother is released from prison determined to rebuild their family. With nothing but the open road ahead of them, the brothers race away from a past they never wanted towards a future that could have been as their mother and her ex-husband follow in close pursuit.
“Run the Tide” is Shah's first feature screenplay, and it won the Grand Jury Prize for Project Catalyst at the 2013 Los Angeles Asian Pacific Film Festival. The script was also a finalist in the Final Draft Big Break Competition.
Mehta is an award-winning filmmaker whose graduate thesis film “Fatakra” won a Student Academy Award, the DGA Student Award and more than a dozen jury and audience awards on the festival circuit. He also edited the acclaimed indie “Now, Forager,” co-wrote the feature film “Where's the Party, Yaar?” starring Kal Penn, and directed the short film “Survivors,” which reimagined the zombie genre with an Asian lead.
Shah, who previously co-wrote and produced the well-received short film “Dumpling,” is developing the indie “808,” a coming-of-age story about Hawaiian boys growing up within the underbelly of paradise.
Kwok is a former New Regency executive who was involved in the international distribution of such films as “Heat,” “Fight Club” and “Daredevil.” He also produced the Kevin Zegers movie “Vampire” and co-produced the Jackie Chan film “The Medallion.”
Lautner, who recently appeared in “Grown Ups 2,” next stars in the parkour movie “Tracers.” Lautner replaced Andy Samberg on the BBC comedy “Cuckoo,” and he also read the role of Dirk Diggler during Jason Reitman's live reading of Paul Thomas Anderson's script for “Boogie Nights.” He's repped by WME, Management 360 and attorney Steve Warren.

domingo, 6 de abril de 2014

Desenhando Desejos por @marilia_vs #Jakeness



CAPÍTULO ÚNICO

Me chamo Renesmee, mais prefiro ser chamada de Nessie. Tenho 24 anos, faço faculdade de Arte e estou num estagio na própria faculdade. Adoro o que faço e me dedico muito à área de desenho que é minha grande paixão.
 Nos últimos quatro anos é praticamente só isso que tenho feito desenhar, estudar, trabalhar... E ai que mora meu “problema”! Minha vida social até que a boa, mais em compensação a minha vida sexual esta num marasmo só!!! Já perdi a conta de quanto tempo não sei o que é fazer sexo. Nem só por fazer, nem por amor, nem por nada.
Tive um namorado que me chifrou e depois dele não consegui me entregar a ninguém. Começo com os beijos e na hora que a coisa começa a esquentar eu pulo fora.
Não sei, parece um bloqueio mental, ou macumba das bravas que colocaram em mim! Só sei que estou literalmente subindo pelas paredes.
O que anda piorando minha situação é meu novo vizinho. Já tinha visto homem bonito, mais igual a esse NUNCA!!
É um ser muito perfeito, lindo, gostoso, musculoso. AHHH só de pensar nele meu sexo encharca e meu corpo queima.
Ele se chama Jacob Black deve ter por volta dos 26, 27 anos é moreno, olhos negros, cabelos escuros, um sorriso lindo e branquinho que até brilha, e um corpo esculpido a mão. Seu tórax é bem malhado, suas cochas são grossas e o volume que carrega entre as pernas é imenso!!!
Ta nunca vi, mais posso imaginar!



Quando o vejo correndo com aqueles moletons largos ou com aquelas bermudas que dão um destaque a mais para aquela área, fico louca! Ele mora em frente ao meu apartamento e quando não fica malhando bem na janela de frente a minha fica na varanda, ou na academia do condomínio. E eu sempre fico babando e imaginando aquele corpo suado no meu e as loucuras que poderia fazer com ele! Tenho tantos desenhos dele e de seu corpo que até decorei o numero de gomos que tem naquele tanquinho perfeito.
Ando o desenhando em todas as formas possíveis, acho que se tornou um vicio pra mim. Fecho os olhos e consigo traçar seu rosto  no papel sem nem olhar. Quando o vejo me sinto uma adolescente com o coração palpitando acelerado, as mãos suadas e meu rosto sempre queima quando ele me olha. Não sei bem se ele me vê, mais às vezes prefiro pensar que sim, que ele me olha com o mesmo interesse que eu, com a mesma intensidade do meu olhar.
Estou louca eu sei, preciso urgente de uma boa transa pra parar de ficar sonhando, pensando e suspirando pelo meu vizinho que mal me conhece e se duvidar nem sabe que eu existo.
Hoje foi mais um dia desses de tortura. O dia demorou um século pra passar e quando finalmente cheguei do trabalho. Deixei minhas coisas sobre a mesinha de centro da minha sala  e resolvi dar uma olhada pela janela.
 Afastei um pouco a cortina, olhei e não vi nada. Então resolvi abrir de uma vez a janela. Puxei toda a cortina e a escancarei. Um vento fresco entrou fazendo meu corpo se arrepiar e meus cabelos esvoaçaram. Olhei e vi a luz do apartamento dele acesa, mais a cortina estava fechada e não pude vê-lo. Meu telefone tocou e contrariada por não poder vê-lo peguei o telefone vendo o numero antes de atender..
_Fala Claire.. –Claire é minha melhor amiga, confidente e companheira na faculdade.
_Nessie..pela voz já vi que estava à procura do seu príncipe encantado e “muso” nas horas vagas!- ela riu do outro lado
-Engraçadinha! Fala logo o que quer se não desligo!
_Só saber se tomou coragem de falar com seu amado.
-Já disse que ele não é meu amado! É só..
_Só o gato mais lindo que já viu! Tá conheço seu discurso amiga!
_Não é discurso! È a realidade! Ele é só um homem bonito.. e eu uma mulher na “seca” e ponto!- disse firme tentando convencer a mim mesma.
-Tá! Vou fingir que acredito! Se fosse só isso, falta de sexo, você já teria agarrado ele! Mais no fundo sente algo mais, só não quer admitir.. te conheço bem dona Renesmee..
_Você me ligou pra me atormentar foi isso?
_Não amiga, não foi só por isso! Queria te convidar pra uma baladinha hoje!
_Hoje? Ah não nem rola! Estou exausta amiga! O estagio foi puxado hoje.. e ainda mais tenho aula amanha cedo..e..
_AFF heim Nessie, você sempre arrumando desculpinhas! Fica ai sonhando com seu amado gostoso, que eu vou atrás de ficar com algum gostoso fora dos sonhos!!
_Se cuida maluquinha!
_E você vê se toma vergonha na cara e pega logo esse bofe, antes que eu mesma o pegue!
Ia rebater o que ela havia dito, mais antes disso ela desligou o telefone rindo. Eu sabia que ela estava certa. Eu devia pelo menos tentar falar com ele, mais nem isso eu fazia.
Joguei o telefone no sofá e voltei pra perto da janela. Juro que minha intenção era   fechá-la, mais assim que ergui meu olhar o vi ali parado na sacada sem camiseta, com os braços cruzados e olhando em minha direção. Fiquei perdida naquele olhar não sei bem por quanto tempo, só sei que senti meu corpo todo queimar e quando ele pareceu que ia abrir a boca pra dizer algo, ele olhou pro lado de dentro do seu apartamento e depois me olhou. Entrou parecendo contrariado e me deixou muito confusa e em um estado nada bom pra minha saúde mental.
_È.. preciso de um banho frio, ou melhor, mais um banho frio! Como se a água fosse aliviar meu tesão..aff.. Isso não esta mais fazendo efeito algum em mim. – resmunguei fechando a janela e começando a retirar minha roupa caminhando rumo ao banheiro..
As imagens dele logo me vieram à mente e quando estava completamente nua em baixo do chuveiro não conseguia parar de pensar nele, e naquele corpo gostoso.
Fechei meus olhos imaginando suas mãos me tocando, e só de pensar nisso soltei um gemido baixinho e suspirei seu nome “Jacob..hum como te quero..” Fiquei ali perdida em meus pensamentos me lavando no modo “automático” quando o barulho da campanhinha tocando me assustou me fazendo dar um pulo.
_Droga quem será a essa hora?!-praguejei irritada desligando o chuveiro. Enrolei-me na toalha sem nem me enxugar direito.
Meu erro foi não ter olhado no olho mágico da porta, a abri com pressa e irritada e me deparei com o homem dos meus sonhos que me olhou de cima a baixo com aquelas orbes negras me fazendo corar e sentir meu corpo inteiro se arrepiar.
_Você... quer dizer.. oi..- me embananei toda e ele sorriu me deixando ainda mais perturbada.
-Me desculpe atrapalhar, pelo visto estava no banho, bem eu queria saber se posso é.. usar seu telefone..- seu olhar desceu novamente por meu corpo e ele sorriu de forma maliciosa.
-AH..é claro.. eu já tinha acabado..bem entre..- abri a porta e ele entrou sem tirar os olhos de mim. Meu coração parecia que ia sair pela minha boca a qualquer momento.
_Só um minuto eu vou me vestir, fique a vontade o telefone esta no sofá...-Ele deu um passo pra perto do sofá  e vi que parou olhando pra minha mesinha de centro. Abaixou e pegou um papel. Meu coração gelou assim que me dei conta que tinha um monte de desenhos dele ali. Corri e tentei puxar das suas mãos antes que visse e acabei esparramando tudo pelo chão. Ambos nos abaixamos pra pegar.
-Me desculpe.. é ..você deve estar me achando uma louca.. mais é que.. não sei eu desenho..e..- ele segurou minha mão.
-Estão perfeitos.. não se preocupe, não te acho louca..pelo contrario...é maravilhosa.. quer dizer..os desenhos são maravilhosos, você tem muito talento- cai na besteira de olhar pra ele e me perdi em seu olhar. Ele me ajudou a me levantar e assim que ficamos em pé fiquei travada sem saber o que fazer, ou melhor eu estava doida pra fazer, mais estava tão presa em seus olhos cheios de luxuria e algo mais, que não consegui raciocinar direito.
Em compensação ele pensou e agiu rapidamente me puxando pros seus braços e me beijando com intensidade. Demorei alguns segundos pra destravar e me render abrindo a boca e dando passagem pra sua língua. Agarrei-me a seu pescoço e enrosquei meus dedos em seus cabelos o puxando para mais perto de mim. Ele gemeu contra meus lábios me deixando completamente louca. Suas mãos grandes e firmes se apertavam em minha cintura.
Nem sei como, mais minha toalha caiu ao chão e senti o calor de suas mãos agora acariciando minhas costas nuas e seus lábios começaram a descer por meu pescoço  quando ele percebeu que eu já estava sem ar.
Criei coragem e levei minhas mãos até sua camisa e a retirei com sua ajuda. Ver aqueles gominhos daquele tanquinho tão de perto não parecia real. Toquei lentamente sentindo o calor e a suavidade de sua pele. Tão perfeito tão lindo..o analisava quando olhei para seus olhos e vi que eles me encaravam cheio de desejo. Seu olhar desceu por meu corpo e antes que a razão voltasse ele me puxou novamente e me guiou até o sofá me deitando sobre ele deixando seu corpo sobre o meu.
Sua boca voltou  para junto da minha me deixando novamente sem ar e diante disso começou a descer lentamente por todo meu corpo. Chegou até meus seios e os beijou. Suavemente deslizou a língua sobre meus biquinhos rijo de tanto tesão e começou a descer por meu ventre até minha fenda. Fechei os olhos com força pra  não amarelar, pois eu sempre corria quando as coisas esquentavam. E esquentaram muito com sua língua chegando até meu clitóris e deslizando por ele com movimentos circulares que me deixaram literalmente “subindo pelas paredes”
_Ahhh – gemi alto quando seu dedo começou a ajudar o trabalho de sua língua começando a me estimular de varias formas possíveis e imagináveis. Me penetrava, acariciava e sugava meu sexo como nenhum antes havia feito. Foi tão maravilhoso e intenso que logo meu corpo reagiu liberando os espasmos que a muito não sentia e as contrações em minha fenda se intensificaram me fazendo estremecer e chegar a um orgasmo maravilhoso.
Ele me sorveu por completo e com um sorriso lindo e safado no rosto ele voltou beijando meu corpo e sussurrou em minha orelha “deliciosa” antes de voltar a me beijar misturando meu sabor ao nosso beijo. Minhas mãos se agarraram  a ele e deixei minhas unhas riscarem aquelas costas musculosas.
Senti que seu corpo se arrepiou todo e ganhei força e coragem pra seguir em frente e fazer algo que há muito tempo eu sonhava. Desci com os dedos até a beira de sua calça e a desabotoei descendo o zíper e chegando até sua cueca.
_Quero te provar...- disse num fio de voz retirando seu membro rijo e enorme de sua cueca e o olhando com a boca salivando de tanto desejo. Ele era maior do que eu imaginava. Firme grosso e cumprido como nunca tinha visto.(Não pessoalmente pelo menos) .
Ele assentiu com a cabeça e retirou o resto da roupa se sentando no sofá. E coloquei no chão abaixada, literalmente aos seus pés e segurei seu membro em minha mão  que ficou pequena perto de  seu tamanho. Logo em seguida desci com a boca e beijei só a cabecinha antes de começar a deslizar minha língua por tida sua extensão. Ele gemeu e arqueou o corpo inclinando a cabeça no sofá  se deleitando com as sensações que eu estava lhe causando.
Aprofundei seu membro em minha boca começando a chupá-lo e move-lo de forma sexy e intensa até que ele anunciou que chegaria ao ápice.
_Vou gozar..que delicia Ness..- meu coração palpitou mais rápido ao ouvi-lo me chamar daquele jeito, tão sexy e ao mesmo tempo pareceu carinhoso. Eu me perdi em minhas fantasias e não parei até sentir seu liquido quente e delicioso pulsar dentro de minha boca. Eu o sorvi completamente assim como ele havia feito comigo.
Quando terminei, ele me puxou com delicadeza pra seu colo e me olhou novamente me enfeitiçando com aquelas orbes negras. Acariciou minha face me fazendo fechar os olhos sentindo seu toque e me ergueu em seus braços começando a caminhar comigo em direção ao quarto. Os apartamentos deviam ser parecidos pois ele caminhou no rumo certo abriu a porta e me levou até minha cama. Agradeci mentalmente por eu ser organizada e manter meu quarto limpo e arrumado.
Me deitou sobre a cama e se colocou sobre meu corpo. De repente senti seu corpo se afastar um pouco e ele me olhou parecendo triste.
_eu não.. tenho..- imaginei na hora o que ele queria dizer e abri a gaveta de meu criado mudo retirando algumas camisinhas que tinha lá dentro. Ele sorriu e olhou pra quantidade de embalagens. Senti meu rosto queimar e tentei explicar que não era o que ele estava pensando e acabei me embananando toda.
_Eu não.. é só. .. – ele colocou o dedo em minha boca me calando e logo em seguida pegou uma das camisinhas e a colocou. Depois voltou a se deitar sobre meu corpo e roçou seu membro em minha entrada se abaixando perto de meu rosto e me beijando docemente enquanto me penetrava.
Ele foi tão carinhoso que apesar do tempo que eu estava sem sexo eu não senti dor alguma. Jacob entrou facilmente escorregando em minha umidade e me fazendo gemer alto quando finalmente estava todo dentro de mim.
Começou a se mover lentamente e logo minhas pernas se enroscaram em sua cintura liberando mais espaço pra que ele se afundasse ainda mais dentro de mim.
Movíamo-nos de encontro um ao outro e rolávamos na cama invertendo as posições e fundindo nossos corpos um no outro. Nossas bocas estavam sempre se encontrando e nossas mãos passeavam de forma frenética por todos os lados.
Eram toques caricias e provocações que estavam me enlouquecendo. Depois de algum tempo galopando em seu membro ele me virou voltando novamente a me dominar e apertar meus seios e devorar minha boca. Sentindo que os espasmos me atingiam e que meu corpo estremecia ele parou o beijo e ficou me olhando cheio de luxuria enquanto meu rosto queimava e eu apertava seu membro chegando a um intenso orgasmo. Ele me estocou ainda algumas vezes antes de também chegar ao seu ápice. Em nenhum momento desviamos nossos olhares e isso tornou tudo ainda mais intenso e maravilhoso.
Quando terminou de jorrar seu liquido na camisinha ele a retirou e se deitou ao meu lado virado pra mim e me olhando. Suas mãos vieram até meu rosto e ele retirou um pouco de cabelo que tinha esparramado ali tampando parte de minha face completamente rubra.

(ouçam a música Youand me Lifehouse tradução em italico)

_Você é tão linda.. – ele me pegou novamente de surpresa e como estava de guarda baixa me derreti novamente em seus braços que logo me envolveram de forma carinhosa.
_Você também é lindo..- confessei enterrando meu rosto em seu peito e inalando seu perfume delicioso que mesmo com o suor de nossos corpos continuava ali suave mais inebriante.
_Acho que seus desenhos sim são lindos, eu nem tanto.. – acabei dando risada e ergui os olhos vendo que ele também sorria.
Ficamos ali um tempo em silêncio e a vergonha começou a me dominar. Eu sempre o desejei e agora que ele estava ali na minha cama eu não sabia o que dizer a ele. Tive muitas sensações estranhas ao mesmo tempo e meu coração não se aquietou em nenhum momento.
Uma hora teríamos que conversar e eu estava esperando o momento rezando pra que partisse dele a primeira palavra, mais como não vinha nada arrisquei.
-Você queria usar o telefone.. – ele ficou meio sem jeito , senti seu corpo ficar inquieto e me virei me apoiando em meu braço e o olhando.
_na verdade.. como dizer.. eu não queria usar o telefone. Foi só uma desculpa.
_Uma.. des..des culpa..- gaguejei Ele ficou do mesmo jeito que eu apoiado em seu braço de frente pra mim me olhando. Não consegui desvendar seu olhar e meu peito começou a se apertar.
Que dia é hoje
E de que mês?
Esse relógio nunca pareceu tão vivo
Eu não consigo prosseguir e não consigo voltar
Tenho perdido tempo demais

Porque somos eu e você e todas as pessoas
Com nada a fazer, nada a perder
E somos eu e você, e todas as pessoas e
Eu não sei por que não consigo tirar meus olhos de você

 _Sim..uma desculpa pra poder vir até aqui ..pra te ver..pra falar com você..- fiquei sem palavras engasgada com meus pensamentos e voltando a pensar que estava sonhando. Diante da minha ausência total de palavras ele continuou..
_Não aguentava mais ficar te vendo de longe..te olhar pela minha janela e ficar imaginando o que estaria fazendo..deve estar me achando louco, mais te quero desde o primeiro dia em que te vi.. te espero e te encontro todas as noites em meus sonhos..não queria mais sonhar, vim decidido a te conquistar.- Senti uma lagrima escorrer em meu olho e ele rapidamente  a pegou com seu dedo.

Todas as coisas que quero dizer
Não estão saindo direito
Estou tropeçando nas palavras você deixou minha mente girando
Eu não sei aonde ir a partir daqui
Porque somos eu e você e todas as pessoas
Com nada a fazer, nada a provar
E somos eu e você, e todas as pessoas e
Eu não sei por que não consigo tirar meus olhos de você
Existe algo sobre você agora
Que não consigo compreender completamente
Tudo o que ela faz é bonito
Tudo o que ela faz é certo

 _Me desculpe , eu fui apressado, eu não devia ter feito tudo isso..eu vou..- antes que ele continuasse a falar e se levantasse o calei com um beijo ardente e intenso demonstrando toda a felicidade que senti ao ouvi-lo dizer aquelas palavras.

Porque somos eu e você e todas as pessoas
Com nada a fazer, nada a perder
E somos eu e você, e todas as pessoas e
Eu não sei por que não consigo tirar meus olhos de você
Porque somos eu e você e todas as pessoas
Com nada a fazer, nada a provar
E somos eu e você, e todas as pessoas e
Eu não sei por que não consigo tirar meus olhos de você
Que dia é
e em que mês?
Este relógio nunca pareceu tão vivo...

Agora tinha certeza de que eu não estava louca, ou apenas excitada com meu vizinho gostoso. Eu estava completamente apaixonada por aquele “desconhecido”.
Seus braços voltaram a me envolver e nossos corpos logo voltaram a se unir. Ficamos juntos a noite toda, sem muitas palavras, mais com muito desejo e carinho.
Acordei e ele ressonava ao meu lado. Me levantei com cuidado peguei minha prancheta e comecei a desenhar. Agora mais do que nunca eu poderia fazer isso de olhos fechados. Seu corpo agora estava gravado não só em minha mente mais em minha alma também. Desenhei pela primeira vez nos dois juntos e felizes, desejando que meus traços se tornassem reais e que nossas vidas seguissem unidas para todo o sempre.
Quando ele acordou e me viu ali o desenhando ele sorriu aquele sorriso lindo que tanto adorava e veio até mim me fazendo largar o desenho e voltar pros seus braços.
Depois daquele dia não desgrudamos mais um do outro.
Passei a conhecê-lo melhor dia após dia sem pensar muito no amanha. Ficamos juntos vivendo o momento e meus desenhos começaram a ganhar vida e minha vida começou a ganhar mais cor. Uma cor que a muito não tinha, a cor da felicidade que o desejo e amor podem nos trazer!

FIM

Taylor Lautner and Marie Avgeropoulos leaving a restaurant in Soho, London






more pics here

sábado, 5 de abril de 2014

Desenhando Desejos... por @marilia_vs #fanfic #oneshot +18


Sinopse: Uma mulher apaixonada pela arte de desenhar e que esta com os desejos a flor da pele, ganha uma nova inspiração com a chegada de um novo vizinho.. Ele se chama Jacob e tem uma beleza que ela nunca havia visto igual. Ele começa a rondar seus pensamentos, seus sonhos e a maioria de seus desenhos.E a cada traço no papel em branco esses sentimentos todos eram revelados.Ela desenhava o que desejava, que era poder ter aquele homem pra ela.



Classificação: +18

Categorias: Saga Crepúsculo

Gêneros: Hentai, Universo Alternativo

Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo

Autorização de postagem

"Autorizo o site Taylor Lautner Smile a postar as fanfics de minha autoria.
Qualquer postagem sem prévia autorização minha em qualquer outro site além
desse são proibidas e devem ser denunciadas."

Calendar


Follow by Email